‘Alguns dias eu odeio a NBA’: Kevin Durant reflete sobre a relação com o basquete

Kevin Durant, um dos melhores – e mais polarizadores – jogadores da NBA, falou sobre seus sentimentos ambivalentes em relação à liga.

O jogador de 30 anos deixou o Golden State Warriors neste verão após suas tentativas levá-los a um terceiro título consecutivo da NBA terminou com uma ruptura no tendão de Aquiles, que provavelmente o deixará de lado por toda a nova temporada. Mas é o fim de seu tempo com o Oklahoma City Thunder que mais estava em sua mente em uma entrevista para o Wall Street Journal publicada na terça-feira. Por que estrelas da NBA como James Harden e LeBron James investem em clubes de futebol Leia mais

Durant passou a maior parte de sua carreira com o Thunder e foi eleito o MVP da NBA lá em 2014. Ele também era ativo na comunidade e com organizações de caridade em Oklahoma City, algo que o tornou incrivelmente popular.No entanto, ele diz que ficou chocado com o vitríolo quando partiu para os Warriors em 2016.

“Pessoas vindo à minha casa e pintando com spray as placas de venda em meu bairro”, disse Durant ao Journal . “Pessoas fazendo vídeos na frente da minha casa e queimando minhas camisetas e me chamando de todos os tipos de nomes malucos.”

Ele também diz que foi congelado pelos membros da equipe do Thunder depois de deixar a equipe. “Eu queria voltar para aquela cidade e fazer parte dessa comunidade e organização, mas não confio em ninguém lá”, disse ele. “Aquela merda deve ter sido falsa, o que eles estavam fazendo.A organização, o GM, não falei com nenhuma dessas pessoas, até tive uma boa troca com essas pessoas, desde que saí. ”

Durant, que conquistou dois títulos da NBA com os Warriors, disse ele ainda adora jogar basquete, mas acha o “circo” da liga desgastante. “Alguns dias, odeio que os jogadores deixem o negócio da NBA, a fama que vem com o negócio, mudar suas mentes sobre o jogo”, disse ele. “Às vezes, não gosto de estar perto dos executivos e da política que vem com isso. Eu odeio isso. ”

O próximo destino de Durant em Nova York: ele assinou um contrato de quatro anos com o Brooklyn Nets neste verão e fará parceria com o colega All-Star Kyrie Irving.